home >

  • Instagram
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Twitter
  • YouTube
  • Facebook

< entre

crm

Laçamento CRM Chroma enterprise

Você sabe tudo de CRM?

Baixe nosso e-Book gratuito e se torne um esecialista

O que é gerenciamento de risco?

A gestão de riscos abrange a identificação, análise e resposta aos fatores de risco que fazem parte da vida de um negócio. O gerenciamento de risco eficaz significa tentar controlar, tanto quanto possível, os resultados futuros, agindo de forma proativa, em vez de reativa. Portanto, o gerenciamento de risco eficaz oferece o potencial de reduzir a possibilidade de ocorrência de um risco e seu impacto potencial.






Estruturas de gerenciamento de risco

As estruturas de gerenciamento de risco são adaptadas para fazer mais do que apenas apontar os riscos existentes. Uma boa estrutura de gerenciamento de risco também deve calcular as incertezas e prever sua influência em um negócio. Consequentemente, o resultado é uma escolha entre aceitar riscos ou rejeitá-los. A aceitação ou rejeição dos riscos depende dos níveis de tolerância que a empresa já definiu para si mesma.


Se uma empresa configurar o gerenciamento de risco como um processo disciplinado e contínuo com o objetivo de identificar e resolver riscos, as estruturas de gerenciamento de risco podem ser usadas para apoiar outros sistemas de mitigação de risco. Eles incluem planejamento, organização, controle de custos e orçamento. Nesse caso, o negócio geralmente não terá muitas surpresas, porque o foco está no gerenciamento proativo de riscos.


Resposta a Riscos

A resposta aos riscos geralmente assume uma das seguintes formas:


Prevenção: uma empresa se esforça para eliminar um risco específico, livrando-se de sua causa.

Mitigação: Diminuição do valor financeiro projetado associado a um risco, diminuindo a possibilidade de ocorrência do risco.

Aceitação: em alguns casos, uma empresa pode ser forçada a aceitar um risco. Esta opção é possível se uma entidade empresarial desenvolver contingências para mitigar o impacto do risco, caso ele ocorra.

Ao criar contingências, uma empresa precisa se engajar em uma abordagem de solução de problemas. O resultado é um plano bem detalhado que pode ser executado assim que houver necessidade. Esse plano permitirá que uma organização empresarial lide com as barreiras ou bloqueios para seu sucesso, pois pode lidar com os riscos assim que eles surgirem.



Importância da Gestão de Risco

A gestão de riscos é um processo importante porque capacita uma empresa com as ferramentas necessárias para que ela possa identificar e lidar adequadamente com os riscos potenciais. Depois que um risco é identificado, é fácil mitigá-lo. Além disso, a gestão de risco fornece uma base de negócios sobre a qual pode empreender uma tomada de decisão sólida.


Para uma empresa, a avaliação e gestão de riscos é a melhor forma de se preparar para as eventualidades que podem surgir no caminho do progresso e do crescimento. Quando uma empresa avalia seu plano para lidar com ameaças potenciais e, em seguida, desenvolve estruturas para enfrentá-las, aumenta suas chances de se tornar uma entidade de sucesso.


Além disso, o gerenciamento de risco progressivo garante que os riscos de alta prioridade sejam tratados da forma mais agressiva possível. Além disso, a administração terá as informações necessárias que podem usar para tomar decisões informadas e garantir que o negócio continue lucrativo.



Processo de Análise de Risco

A análise de risco é uma abordagem qualitativa de resolução de problemas que usa várias ferramentas de avaliação para calcular e classificar os riscos com o objetivo de avaliá-los e resolvê-los. Aqui está o processo de análise de risco:





1. Identifique os riscos existentes

A identificação de riscos envolve principalmente brainstorming. Uma empresa reúne seus funcionários para que eles possam analisar todas as várias fontes de risco. A próxima etapa é organizar todos os riscos identificados em ordem de prioridade. Como não é possível mitigar todos os riscos existentes, a priorização garante que aqueles riscos que podem afetar um negócio significativamente sejam tratados com mais urgência.



2. Avalie os riscos

Em muitos casos, a resolução do problema envolve a identificação do problema e a localização de uma solução apropriada. No entanto, antes de descobrir a melhor forma de lidar com os riscos, uma empresa deve localizar a causa dos riscos, perguntando: "O que causou tal risco e como ele poderia influenciar os negócios?"





3. Desenvolva uma resposta apropriada

Uma vez que uma entidade de negócios está definida para avaliar as prováveis ​​soluções para mitigar os riscos identificados e prevenir sua recorrência, ela precisa fazer as seguintes perguntas: Que medidas podem ser tomadas para evitar que o risco identificado se repita? Além disso, qual é a melhor coisa a fazer se ocorrer novamente?



4. Desenvolver mecanismos preventivos para riscos identificados

Aqui, as ideias que foram consideradas úteis na mitigação de riscos são desenvolvidas em uma série de tarefas e, em seguida, em planos de contingência que podem ser implantados no futuro. Se ocorrerem riscos, os planos podem ser colocados em ação.


Resumo

Nossos empreendimentos comerciais enfrentam muitos riscos que podem afetar sua sobrevivência e crescimento. Como resultado, é importante entender os princípios básicos da gestão de risco e como eles podem ser usados ​​para ajudar a mitigar os efeitos dos riscos nas entidades de negócios.


Fonte: https://corporatefinanceinstitute.com/resources/knowledge/strategy/risk-management/

3 visualizações0 comentário